Blog

Sistema de Construção Energitérmica Sustentável

Sistema de Construção Energitérmica Sustentável

Steel Frame são perfis leves de aço formados a frio, a partir de chapas de aço galvanizados, com espessuras que variam entre 0,8 e 1,25 mm. Os perfis mais usuais são denominados “guias” (perfis U simples) e “montantes” (perfis U enrijecidos). Os perfis utilizados devem ter galvanização mínima de Z-275. Pode ser feito com qualquer tipo de fundação. Por sua estrutura leve e distribuição uniforme de cargas, os dois tipos mais utilizados são radier e sapata corrida. Com o esqueleto estrutural montado é aplicado o painel OSB, placa estrutural que contraventa e veda a estrutura de paredes entrepisos e telhados. Para as paredes de Revestimento externo são usados painéis OSB, que é aplicada a Membrana, e garante a estanqueidade e a adequada ventilação das paredes, permitindo a saída da umidade interna das paredes e protegendo-as contra a umidade externa. O Steel Frame permite a aplicação de diversos revestimentos externos como o revestimento argamassado, placa cimentícia, revestimento cerâmico e outros.

Para o Revestimento interno o fechamento é realizado com chapas de Drywall, que proporcionam uma superfície lisa e pronta para receber acabamento. Para paredes que receberão armários ou peças suspensas, recomenda-se o uso do painel OSB como reforço em paredes de Drywall. Esta aplicação tem como vantagem a liberdade do usuário aplicar armários ou peças suspensas em qualquer ponto da parede, sem a necessidade de prever o mapeamento dos reforços. O painel OSB é a melhor opção para execução de lajes, plataformas de pisos e mezaninos e deve ser instalado sobre um vigamento metálico, projetada para suportar grandes cargas e vencer maiores vãos livres, resultando em uma estrutura leve e de alta resistência. No Steel Frame a laje pode ser do tipo seca ou mista: Na laje seca a execução é com a aplicação do painel OSB diretamente sobre o vigamento metálico, garantindo a resistência e permitindo a aplicação de diversos revestimentos como carpet, pisos vinílicos, laminados de madeira, assoalhos, tábuas corridas entre outros. A diferença entre a laje seca e a laje mista é que na laje mista é colocado um contrapiso de 3 a 4 cm de argamassa sobre o painel OSB, reforçado com fibras de aço ou fibras de Polipropileno. Sobre as fibras é possível aplicar diversos revestimentos, tais como: como carpet, pisos vinílicos, laminados de madeira, assoalhos, tábuas corridas, cerâmica, porcelanato, entre outros. As Instalações elétricas e hidráulicas podem ser idênticas às que são utilizadas na construção convencional. A vantagem é que no Sistema Steel Frame as paredes funcionam como shafts visíveis, facilitando a execução e manutenção das instalações.

O Steel Frame apresenta um ótimo conforto térmico e acústico. Além disso, permite a utilização de diversos tipos de isolamento que podem ser instalados nas paredes internas e externas, forro e telhados de acordo com a necessidade do projeto. As instalações de portas e janelas no Steel Frame podem ser executadas de maneira similar ao Sistema Convencional, com espuma de poliuretano ou com parafusos. painéis OSB são uma excelente opção para compor substratos de telhados e coberturas. As placas em conjunto com os perfis asseguram a resistência à ação de ventos e melhoram o conforto térmico e acústico das edificações. Em projetos nos quais é necessário um melhor desempenho térmico, deve-se utilizar um painel OSB revestido com foil de alumínio, que reflete até 97% da radiação solar.  

Fonte: http://www.lpbrasil.com.br
Você possui alguma dúvida sobre gesso e drywall e precisa conversar com algum especialista no assunto? Envie suas dúvidas pra gente ou solicite um orçamento sem compromisso: vendas@formagesso.com.br / 47 3264-1035
Não esqueça de acompanhar a Formagesso nas redes sociais > Facebook / Instagram